Araçatuba

Inscrições do concurso para escrevente do Fórum começam terça

Na próxima terça-feira, dia 9 de janeiro, começam as inscrições para o concurso do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ/SP), que proverá 235 vagas para escrevente técnico judiciário para cidades do interior e litoral paulistas.

As vagas serão distribuídas entre as cidades de Araçatuba, Bauru, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sococaba. As inscrições custam R$ 68 e vão até dia 14 de fevereiro no site vunesp.com.br. A prova será dia 25 de março.

Para se candidatar à vaga e ingressar na carreira é necessário ter o ensino médio completo. O salário de um escrevente técnico judiciário do TJ/SP é de R$ 6.193,73, formado por R$ 4.706,53 de salário inicial, R$ 990,00 de auxílio alimentação, mais auxílio-saúde de R$ 330,00 e auxílio-transporte de R$ 167,20.

Os candidatos terão duas etapas de provas. Na primeira, será uma prova objetiva com questões de múltipla escolha sobre língua portuguesa, conhecimentos em direito e conhecimentos gerais.

Já na segunda etapa, os candidatos habilitados e melhor classificados serão convocados para prova prática de formatação e digitação.

MAIS 250 VAGAS

Além das vagas oferecidas no concurso, o ex-presidente do TJ/SP, desembargador Paulo Dimas de Bellis Mascaretti, encaminhou para a Assembleia Legislativa (Alesp), no final de dezembro, um projeto de lei que cria mais 442 vagas, sendo 282 para preenchimento efetivo, por meio de novos concursos públicos ou convocação de aprovados em concursos em validade, e 160 para cargos comissionados.

Das 282 oportunidades para cargos efetivos, 32 são para o cargo de juiz e 250 para escrevente técnico judiciário. O projeto de lei complementar 34/2017 tem por objetivo ampliar a abrangência do TJ/SP, com a criação de diversas varas judiciais no estado, em diversas cidades do interior e litoral.

A criação das varas será para as cidades de Aguaí, Apiaí, Caconde, Cafelândia, Cerquilho, Cosmópolis, Fartura, Ribeirão Bonito, Santo Anastácio, Teodoro Sampaio, Barra Bonita, Presidente Epitácio, Guararapes, Oswaldo Cruz, Paulínia, Peruíbe, Várzea Paulista, Mococa, Itatiba, Birigui, Olímpia, Francisco Morato, Embu das Artes, Americana, Sorocaba e Campinas, São José do Rio Preto, Jacareí e Ribeirão Preto.

Caso o projeto de lei seja aprovado, os candidatos aprovados no concurso atual poderão preencher as vagas de escrevente. O projeto deve passar pelas diversas comissões da Alesp antes de ser votado no plenário da casa.

Karen Mendes

marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
×
marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.

Comment here