Plantão Policial

Empresário morre em confronto com a PM após matar os pais e ferir a esposa

ANTÔNIO CRISPIM – ARAÇATUBA

O empresário Ademir Magalhães Rondina, 51 anos, morreu na manhã deste domingo ao dar entrada no pronto socorro da Santa Casa de Araçatuba, após confronto com policiais militares. Momentos antes o empresário havia matado a golpes de faca os próprios pais, Marineuza Magalhães Rondina, 70 anos e Wilson Rondin, 73 anos. Ele também feriu a própria mulher, Maria Ivanilza Tavares Rondina. O crime aconteceu na Rua Chile, no Bairro Icaray, na casa dos pais do empresário. Na residência ainda estavam uma filha do empresário, de 12 anos e a avô, de 94 anos. Ele foi encontrado pelos policiais em um terreno baldio na Rua Argentina, a menos de 500 metros de onde residia.
Policiais relataram à reportagem que inicialmente foram acionados para atender ocorrência de possível roubo a residência. Porém, quando a equipe chegou ao local, deparou-se com a tragédia familiar. Em diligência pelas imediações, os policiais encontraram Ademir Rondina, que estava ferido e sujo de sangue, sentado em um terreno baldio. Ele investiu contra os policiais e chegou atirar tijolo, acertando a viatura. Foram disparados tiros de contenção, pois o empresário demonstrava estar fora de si. Os policiais o socorreram levando ao pronto socorro, onde chegou morto.
Exame no Instituto Médico Legal vai apontar a causa da morte do empresário, pois quando foi encontrado já estava bastante ferido. Deve ser apurado se morreu em decorrência dos disparos da polícia ou dos ferimentos sofridos anteriorente.
Como ele epresentava cortes no corpo, ha a possibilidade de ter tentado se matar. Como na casa havia uma arma com capsulas deflagradas, há possibilidade de alguém ter atirado contrra ele. Tudo será esclarecido quando a polícia ouvir a mulher e a filha.

TRAGÉDIA FAMILIAR
Ademir Magalhães Rondina e a esposa atuavam no comércio de Jales na área de tintas. Porém, ele enfrentava sérios problemas financeiros e a família (ele, a mulher e a filha) esatava morando com os pais, na Rua Chile, no Icaray. No sie da justiça constam várias ações de execução contra Ademir Rondina, o comprova a crise financeira em que vivia.
Há informações de que devido às dividas, estava em tratamento para depressão. No sábado teria ocorrido uma reunião em família para discutir a situação. Na manhã desde domingo, diante do estado depressivo, ele pode ter sofrido um surto e atacou os pais. Wilson Rondina e a mulher Marineuza (pais de Ademir) foram mortos a golpes de faca de serra. No local foram encontrados também um revólver municiado e com capsulas deflagradas, uma espada e uma corda.
A ocorrência foi apresentada no plantão policial após as 11 horas e ainda havia viaturas em diligências. O Ministério Público foi acionado, pois esta é uma norma quando há ocorrência com morte envolvendo policial, civil ou militar.

Assassinato pais, Icaray empresário viatura

marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
×
marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.

Comment here