ETC

Justin Tranter, compositor de sucessos de Britney Spears e Selena Gomez, elogia o álbum “Witness”, de Katy Perry

Ele é o compositor de recentes sucessos de Justin Bieber, Selena Gomez e Imagine Dragons, além de ser responsável por já considerados clássicos de Britney Spears, com o álbum “Blackout”, e Gwen Stefani, com o “Love. Angel. Music. Baby”, e agora, Justin Tranter, resolveu sair em defesa do álbum “Witness”, de Katy Perry.

Considerado um lançamento com rendimento comercial abaixo do esperado para Katy Perry, o álbum “Witness” foi a promessa de um projeto mais politizado, frente às mudanças que os Estados Unidos estavam passando com a ascensão de Donald Trump à presidência do país. Mas nem muita gente comprou a ideia de Perry.

Não é o caso de Tranter. Em recente entrevista para o site Huffpost, o compositor, que também está trabalhando com Britney Spears em seu próximo álbum, falou um pouco sobre a necessidade de politizar a música pop, quando o entrevistador utilizou o “Witness” como exemplo de algo que falhou em ser politizado e questiona o que precisa ser mudado para um artista tão grande como Katy Perry fazer algo realmente politizado.

“Eu acho que as pessoas precisam falar cem por cento a verdade”, respondeu Justin Tranter. “Eu sempre digo que quanto mais específico e mais pessoal é, mais universal se torna. Então, se alguém – seja o compositor ou o artista – está falando a verdade que eles viveram e pareça incrivelmente pessoal e realmente honesto, ela pode acabar passando. Ou estou apenas seno otimista?”

“Eu acho que o álbum de Katy Perry foi incrível. Vai ser apenas preciso a música certa e o momento certo e as pessoas começarão a falar sobre esses problemas em suas músicas”, concluiu Justin Tranter.

Da Redação

marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
×
marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.

Comment here