Araçatuba

Araçatuba ganha mais um centro de educação para jovens e adultos

Araçatuba acaba de ganhar mais um Ceeja (Centro Estadual de Educação de Jovens e Adultos). A unidade vai funcionar junto à EE (Escola Estadual) Purcina Elisa de Almeida, conforme decreto do último dia 22 assinado pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB). O mesmo documento autoriza a criação de novos espaços com essa finalidade em outras três diretorias de ensino do Estado: Carapicuíba, Osasco e Região Sul-2, em São Paulo.

De acordo com a Secretaria de Estado da Educação, os interessados ainda podem se inscrever, apesar de as aulas terem começado no mês passado. Não há limite de vagas. As inscrições para a matrícula podem ser feitas diretamente em qualquer escola da rede estadual de ensino.

Para a matrícula, são necessários os originais e a cópia dos seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de residência, certidão de nascimento ou casamento, histórico de conclusão dos anos iniciais do ensino fundamental, histórico escolar de transferência ou declaração de escolaridade e atestado de eliminação de disciplinas, se houver. É necessária ainda a apresentação de duas fotos 3×4.

De acordo com o decreto, a Secretaria da Educação adotará as providências necessárias para a implantação das unidades escolares criadas e designará um técnico administrativo para o seu funcionamento.

Em toda a região de Araçatuba, 2.827 alunos cursam, de forma flexível, a educação de jovens e adultos. Desse total, 350 estão em escolas da direção de ensino de Araçatuba, 1.253 em Penápolis e 1.224 em Lins. Nessa modalidade, não são formadas turmas em sala de aula, pois o ensino é individualizado. A presença mínima no Ceeja é de uma vez ao mês, para tirar dúvidas, realizar orientações de estudos e participar de atividades ou provas (parciais/finais).

O PROJETO

Em todo o Estado, cerca de mil escolas oferecem as aulas da Eja (Educação para Jovens e Adultos). Nesse modelo, é possível concluir tanto o ensino fundamental quanto o médio. As aulas do fundamental são abertas para alunos a partir de 15 anos de idade. Já os interessados em concluir o médio precisam ter, no mínimo, 18. Os módulos de seis meses cada são equivalentes aos anos e séries do ensino regular. O curso conta com quatro horas diárias, de segunda à sexta-feira.

O diferencial da Eja está na carga horária flexível e no fato de dar oportunidade a alunos com mais de 18 anos que querem voltar à sala de aula. No Ceeja, o estudante recebe o material de ensino no ato da matrícula e é orientado a criar um plano de estudos. Sempre que sentir necessidade, pode recorrer ao centro para tirar dúvidas presenciais com professores.

Da Redação – Araçatuba

marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
×
marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.

Comment here