Andradina

Exportações aumentam mais de 144%

As exportações andradinenses voltaram a crescer em março depois de brusca queda em fevereiro. No mês passado as exportações de Andradina US$ 16.147.515 contra US$ 6.605.035 de fevereiro, o que representa aumento de 144,47%. Já em relação a março do ano passado, quando exportaram US$ 14.619.502, o aumento foi de 10,45%. O maior exportador do município é o Friboi, do Grupo JBS. Na soma dos três primeiros meses do ano houve uma queda de pouco mais de 15%. No ano passado exportaram US$ 34.180.732 enquanto este ano as exportações atingiram o valor total de US$ 28.991.509.

De acordo com os dados divulgados pelo Ministerio da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, os principais produtos exportados são carnes de bovinos congeladas, outras preparações e conservas de carne, miudezas ou sangue; extratos e sucos de carne; carnes de bovinos refrigeradas e tripas, bexigas e estômagos de animais. O frigorífica responde por quase 100% das expotações de Andradina.

Os principais destinos das exportações andradinenses são China (28,83%), Estados Unidos (17,76%), Reino Unido (14,48%), Hong Kong (11,80%), Países Baixos (Holanda) (4,03%), Chile (3,97%), Bélgica (2,42%), Alemanha (1,91%), Porto Rico (1,75%) e Itália (1,60%).

HISTÓRIA
Inaugurado na década de 1950, o frigorífico andradinense foi um dos primeiros do interior a abrir o exigente mercado europeu. Posteriormente novos mercados foram abertos. A unidade, que hoje é está em 334º lugar no ranking dos exportadores brasileiros, passou port vários grupos até ser adquirido pelo Friboi/JBS e mantece a tradição de grande exportador. Mesmo com os problemas enfrentados pelo setor de frigoríficos do país e também dos irmãos Joesley e Wesley Batista, a unidade manteve o ritmo das exportações.

Antônio Crispim

marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
×
marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.

Comment here