CidadesPlantão Policial

Polícia Federal faz operação contra envio de drogas para presídio

Policiais federais cumpriram na manhã de quinta-feira (19) sete mandados de prisão em Três Lagoas, Mato Grosso do Sul, e um em Campo Grande durante a realização da Operação ‘Ponto Cego’, que investiga uma organização criminosa que abastecia o Presídio de Segurança Média de Três Lagoas com drogas. A comercialização de entorpecente ocorria livremente dentro da cadeia.

 

Segundo informações dos agentes da PF, o “modus operandi” da organização fazia com que a droga fosse introduzida e depois comercializada dentro do Presídio de Segurança Média em Três Lagoas, facilitado por um agente penitenciário que inclusive já foi afastado de suas funções. Todo o tráfico de drogas da cidade era movimentado por esses criminosos. Foram 12 endereços vasculhados com a ajuda de cães farejadores.

 

De acordo com informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, a operação também visou desarticular o esquema de uma família de criminosos que atuava em Três Lagoas. O nome das ações, inclusive, faz referência ao apelido do principal alvo das investigações, “Zóio”, que se encontra preso no Presídio de Segurança Média do município. Segundo as investigações, o suspeito liderava o núcleo familiar da venda dos entorpecentes dentro da cadeia.

 

O delegado Alan Givigi, da Polícia Federal concedeu entrevista coletiva à imprensa. As investigações começaram há cerca de um ano e nesse período os policiais apreenderam quase 300 quilos de maconha e uma tentativa de envio de aparelhos celulares no presídio, facilitado pelo agente penitenciário que encontra-se afastado. Os presos na operação foram encaminhados às cadeias da região, onde vão permanecer à disposição da Justiça. (Com informações de Hoje Mais Três Lagoas)

 

marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
×
marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.

Comment here