BrasilMundo

Cedae teme que greve dos caminhoneiros prejudique tratamento de água

A Cedae, empresa responsável pelo abastecimento de água em grande parte do estado do Rio, pede à população que economize água nos próximos dias. De acordo com a concessionária, a greve dos caminhoneiros pode atrasar a entrega de produtos químicos necessários ao tratamento da água destinada aos consumidores.

Segundo a Cedae, tanto a companhia quanto o governo do estado estão em contato com os fornecedores para evitar atrasos e interrupções nas entregas. Os estoques de produtos químicos estão mais baixos, mas a companhia reforça que estão mantidas as atividades de produção e pede que a população colabore.

O desabastecimento de combustível tem causado impactos em outros serviços no Rio de Janeiro. Em Nilópolis, na Baixada Fluminense, a prefeitura suspendeu temporariamente o abastecimento dos veículos oficiais, preservando apenas os utilizados para atendimento de urgência.

Além disso, a coleta de lixo e a remoção de entulhos serão feitos em regime de operação especial no município, podendo haver atrasos em decorrência da redução no número de veículos na prestação do serviço. A prefeitura orienta também que a população evite o descarte de entulhos e lixos.

Agência Brasil

Comment here