CidadesPlantão Policial

Assalto na casa de aposentado foi cometido por cinco adolescentes

Os crimes cometidos por adolescentes tornam-se cada vez mais comum e chamam a atenção das autoridades por serem violentos e muitas vezes cometidos pelos mesmos infratores. Foi o que aconteceu em Araçatuba entre a tarde de terça-feira (05) e a madrugada de quarta (06). Cinco adolescentes, com idades entre 15 a 17 anos, acabaram apreendidos depois de participarem do assalto na residência de um aposentado, no Jardim Dona Amélia. Todos confessaram o crime.

De acordo com informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, os menores já eram conhecidos nos meios policiais. E foi justamente por meio de um dos integrantes do bando que a Polícia Militar conseguiu chegar até aos demais suspeitos, segundo informou o Sargento Gleiton.

“Nós já tínhamos informações da participação de um rapaz, de 17 anos, e fomos até a casa dele, no bairro Atlântico. Encontramos quase todos os produtos levados no crime dentro de um imóvel. Ele acabou entregando os outros autores”.

Segundo relato do idoso, de 70 anos, o primeiro menor apreendido era um dos mais agressivos e inclusive chegou a agredi-lo com socos, chutes e até mesmo com o cabo de uma faca. Em uma casa abandonada no bairro Atlântico, os PMs encontraram duas televisões, celulares, tênis, peças de roupas, joias, material de pesca, além de duas facas utilizadas no assalto.

DILIGÊNCIAS

Já durante a noite, outra equipe da Polícia Militar continuou as buscas, na tentativa de localizar os outros infratores, pois eles eram conhecidos nos meios criminais. Na madrugada de hoje, as equipes flagraram os quatro jovens em uma casa na rua Antonio de Godoy, no Jardim Primavera.

Com eles foram localizados os outros objetos levados no roubo, como uma bicicleta e três relógios de pulso e mais duas facas. Um dos autores estava com 20 pinos de cocaína, por isso, além de responder por ato infracional de roubo também terá  na ficha criminal passagem por tráfico de drogas.

Os quatro envolvidos foram encaminhados até a Central de Flagrantes, onde prestaram depoimento na presença de representantes do Conselho Tutelar. Eles confessaram o assalto e permaneceram apreendidos à disposição da Vara da Infância e Juventude do município.

O CRIME

Segundo informações da Polícia Civil, o assalto começou por volta de meia noite e meia da última terça-feira (05) na rua Álvares de Azevedo, no Jardim Dona Amélia. Os criminosos conseguiram arrombar a porta de vidro da frente da casa, onde as chaves ficam guardadas pelo interior. Os assaltantes pegaram os objetos e conseguiram abrir uma das portas, facilitando, assim, o acesso dentro da residência.

O aposentado e o filho, que é deficiente auditivo, dormiam no momento em que foram surpreendidos pela quadrilha. De acordo com o depoimento do proprietário aos policiais militares que atenderam a ocorrência, os bandidos os acordaram e passaram a revirar todos os cômodos. Armados com facas, os autores passaram a subtrair alguns objetos e colocá-los dentro de um veículo Fiat/ Pálio, pertencente à família.

Antes de fugirem, os bandidos obrigaram que o aposentado entrasse no próprio automóvel e dirigisse até as proximidades da Escola Estadual Professor Abranche José. A todo o momento, ele era ameaçado de morte. O homem fez o que os assaltantes pediram e chegando até ao endereço foi abandonado.

De lá, três suspeitos seguiram a fuga no carro e outros dois subiram em uma bicicleta e fugiram. Algumas horas depois do roubo, outra equipe da Polícia Militar conseguiu encontrar o carro na rua Nelson Pinto de Arruda, no bairro Atlântico, zona norte do município. Os autores quebraram o vidro traseiro do automóvel.

marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
×
marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.

Comment here