CidadesPlantão Policial

Polícia faz megaoperação para prender suspeitos do assalto à Protege

A Polícia Civil de São Paulo está desenvolvendo na manhã desta quinta-feira a Operação Homem de Ferro para prender suspeitos de envolvimento no assalto à Protege ocorrido no dia 16 de outubro do ano passado. A denominação da operação é um homenagem ao policial morto no assalto, André Ferro, que era integrante do Grupo de Operações Especiais (GOE), da Delegacia Seccional de Araçatuba.

Nesta operação, que envolve aproximadamente 600 policiais, estão sendo cumpridos  171 mandados judiciais nos estados de São Paulo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Piauí. Em São Paul os mandados estão sendo cumpridos na capital e região metropolitana, Campinas, Piracicaba, Rio Claro, Presidente Prudente e em penitenciárias.

A reportagem apurou que são 147 mandados de busca e apreensão e 24 de prisão temporária.

O ASSALTO

No início da madrugada do dia 16 de outubro, em ação orquestrada, dezenas de bandidos sitiaram o quartel da Polícia Militar com veículos incendiados nas vias de acesso e comprometeram os sistemas de comunicação. Com armamento de guerra, outros grupos causaram pânico do Bairro Santana e o prédio da Protege foi explodido. O policial civil André Ferro foi morto pelos bandidos.

As explosões feitas pelos bandidos destruíram parte do prédio da empresa e até mesmo casas vizinhas.

 

marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
×
marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.

Comment here