CidadesPlantão Policial

HOMEM PROCURADO POR ESTUPRO HÁ 20 ANOS É PRESO AO FURTAR LEITÃO

Uma ocorrência chamou a atenção das autoridades e moradores de Penápolis na noite de terça-feira (17). Um homem, de 47 anos, foi preso depois de furtar e matar um leitão de dentro de uma propriedade rural na cidade. Aconteceu que o suspeito era procurado pela Justiça desde 1998 pelo crime de estupro, depois de fugir da penitenciária que cumpria pena.

De acordo com informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, a dona do sítio em que o crime ocorreu ligou para o 190, da Polícia Militar, e relatou o que tinha acontecido. Ela se ausentou por um período de tempo do imóvel e ao retornar constatou que dois leitões tinham sumido e um terceiro estava ferido e apresentava um corte na barriga.

O Copom (Central de Operações da Polícia Militar) acionou os policiais militares de Penápolis, que foram até ao endereço, localizado na Estrada do Mineiro, na zona rural do município. Chegando lá, as equipes foram recepcionadas pela mulher que contou tudo o que tinha acontecido.

Os PMs perguntaram a ela se desconfiava de alguém nas redondezas que pudesse ter praticado o furto. A declarante informou que desconfiava de um homem, morador de uma chácara bem próxima ao seu sítio, conhecido como ‘Baiano’. Ela disse ainda aos policiais que recentemente o suspeito havia prestado um serviço de limpeza na propriedade dela.

LOCALIZAÇÃO

Com as informações, os policiais foram até a chácara do investigado e encontraram ele no imóvel. O homem acabou confessando o furto, mas revelou ter pegado apenas um leitão. O indiciado contou também que havia matado o animal e deixado a carne na geladeira de um vizinho, já que na dele não havia espaço suficiente.

Para poder deixar o leitão com o vizinho, o suspeito alegou que tinha recebido o porco como recompensa de um serviço prestado em dias anteriores. A polícia conseguiu encontrar na  residência do autor um facão e uma faca utilizados no abate do animal. Mas a surpresa maior ainda estava por vir.

Durante pesquisa pelo sistema Detecta, do governo do Estado de São Paulo, os policiais descobriram que o investigado era procurado pela Justiça há 20 anos, depois de ter fugido da penitenciária que cumpria pena por estupro de vulnerável. A pena dele é de nove anos de reclusão.

Com isso, ele recebeu voz de prisão em flagrante por furto e também por estar foragido. As equipes o encaminharam até a delegacia do município, onde o delegado plantonista manteve a prisão e o deixou à disposição da Justiça. Depois de passar por audiência de custódia no Fórum da cidade, o acusado foi transferido para a cadeia pública de Penápolis e deverá aguardar vaga em alguma unidade prisional da região.

marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
×
marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.

Comment here