CidadesPlantão Policial

Dise cumpre mandado e prende jovem por tráfico de drogas em Araçatuba

Um desempregado de 23 anos foi preso em flagrante na tarde de quinta-feira (20) depois de policiais civis da Dise (Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes) encontrarem uma grande porção de cocaína dentro da residência do suspeito. O caso aconteceu no bairro Morada dos Nobres, em Araçatuba e foi apresentado na Central de Flagrantes durante a noite.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, os investigadores receberam diversas denúncias anônimas de que o investigado estaria comercializando entorpecentes dentro do imóvel. Diante disso, a polícia entrou com pedido de mandado de busca e apreensão no endereço à Justiça.

Com o parecer favorável da Vara Criminal, as equipes deram cumprimento ao mandado durante a tarde de quinta. Chegando à casa, localizada na rua Joaquina de Jesus Pedroso, os policiais foram recebidos pelo próprio indiciado. Ele tomou conhecimento a respeito do mandado e antes mesmo do início da vistoria acabou confessando que guardava drogas dentro de casa.

Logo em seguida, os investigadores passaram a revistar todos os cômodos da casa e localizaram uma grande porção de cocaína, pesando 60 gramas, escondida dentro de um armário na sala. Também foi encontrada uma balança de precisão, além de R$ 60 em dinheiro. A quantia estava dentro da carteira do suspeito, mas ele negou que o valor fosse fruto do tráfico de drogas.

O homem contou em depoimento que aquela droga era para ser vendida. Ele informou ainda que não fazia a comercialização em pinos contendo cocaína e sim em pequenos sacos plásticos com no mínimo cinco gramas da droga. O autor confessou também que cobrava cem reais por cada porção.

Apesar disso, ele não disse quem seria o fornecedor de todo o entorpecente. Com as evidências encontradas no local, os policiais deram voz de prisão em flagrante e o encaminharam até a delegacia para prestar depoimento. O delegado plantonista manteve a prisão e o deixou à disposição da Justiça.

O desempregado passou por audiência de custódia na manhã de sexta-feira (21) no Fórum do município e depois foi transferido para a cadeia pública de Penápolis, onde deverá aguardar vaga em alguma unidade prisional da região. A Polícia Civil apreendeu todos os objetos recolhidos pela Dise e os encaminharia para a perícia técnica. O laudo deverá ficar pronto nos próximos dias. Um inquérito foi aberto pelo quarto distrito policial do município que dará andamento às investigações sobre o caso.

marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
×
marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.

Comment here