AraçatubaCidades

Chuva impede visita de Skaf, que fala com militância pelo celular

ARNON GOMES – ARAÇATUBA

Tudo parecia diferente no Aeroporto Estadual Dario Guarita, em Araçatuba, às cinco e meia da tarde desta quarta-feira (3). Ao contrário dos outros dias em que candidatos nas eleições deste ano visitaram a cidade, o público era pequeno. Havia militantes emedebistas, com bandeiras do lado de fora. Já no saguão, o mentor do encontro, o vereador Cido Saraiva (MDB), que tenta se eleger deputado estadual em 2018, junto a políticos e empresários de influência na região. Estavam todos esperando Paulo Skaf, o postulante do partido ao governo do Estado. Após pouco mais de uma hora de espera, a notícia que ninguém esperava: Skaf acabara de cancelar a visita, que tinha cunho estratégico.
A quatro dias da eleição, era a grande oportunidade de fazer campanha em uma seara onde cansou de fazer entregas de unidades educacionais pelo Sesi (Serviço Social da Indústria) ao longo dos últimos ano. O motivo do cancelamento? A chuva. “Tivemos um fator, o fator natureza. E isso traz um risco. Respeitamos essa situação e vamos à luta”, assim lamentou Saraiva, procurando não deixar transparecer a desolação. E com razão. No começo da noite de ontem, em Araçatuba, caía água apenas na região do aeroporto. As gotas, somadas à intensidade dos ventos, impediram a aterrissagem. O imprevisto, que poderia ofuscar o grande encontro do partido, não mexeu com os brios dos líderes locais da legenda nem de seus correligionários. O restaurante no centro da cidade, todo preparado para receber Skaf com pompa, estava lotado. Havia gente do lado de fora.
Quando começou o ato político, parecia que o evento ganhara novos contornos. No foco dos discursos, palavras de apoio às candidaturas de Saraiva e também do deputado estadual Itamar Borges (MDB), que tenta a reeleição. Discursaram o ex-prefeito Carlos Hernandes (MDB), o ex-deputado federal Jorginho Maluly (SD) e o vereador biriguiense José Merino Garcia, o Paquinha, que também veste a camisa do MDB. Só que, junto a eles, estava o filho de Skaf, Gabriel. Quando eram sete e meia da noite, eles conseguiram contato com o candidato pelo celular.
A euforia tomou conta do espaço. Pelo telefone, colocado junto a um microfone, o nome indicado pelo partido para tentar acabar com as mais de duas décadas de gestões tucanas à frente do Palácio dos Bandeirantes falou com o público que lhe esperava. Confirmando o que Gabriel havia dito à reportagem de O LIBERAL REGIONAL no aeroporto, Skaf disse considerar Araçatuba uma cidade importante para sua campanha devido ao que já entregou no município e admitiu, se passar do primeiro turno, a possibilidade de vir a Araçatuba na fase final da eleição.
PALAVRA DO FILHO
“Estava tudo programado para acontecer a visita, como vocês puderam ver, mas o tempo está muito fechado. Então, o piloto, por motivo de segurança, achou melhor retornar”, disse Gabriel, que não soube confirmar se esse retorno seria para São Paulo ou para alguma cidade próxima. “Não seria possível pousar em Araçatuba nesse momento.”
Empresário do ramo da construção civil e também filiado ao MDB, Gabriel disse que resolveu acompanhar seu pai devido aos amigos que ambos têm na cidade. “Tenho certeza que ele ficou muito triste com o ocorrido.”
Para ele, a expectativa é boa em relação ao resultado da eleição que acontecerá no domingo. “Precisamos aguardar a apuração das urnas, mas estamos bastante confiante. As pesquisas nos mostram em primeiro lugar em empate técnico com o candidato João Doria (PSDB). Então, tudo indica que vamos para o segundo turno.”

 

Avião sobrevoou Araçatuba por meia hora

No discurso pelo telefone celular, feito de Presidente Prudente, para onde retornou, Skaf disse que o avião em que estava sobrevoou Araçatuba por aproximadamente meia hora. “Mas, diante da chuva e do vento fortes, lamentavelmente, não conseguimos pousar”, afirmou.
Em seguida, mandou abraços para todos os presentes, em especial, o seu filho. Agradeceu ainda a presença dos militantes de seu partido no encontro regional promovido pelo partido. Houve tempo até para falar de planos. Falou de estímulos que pretende dar ao agronegócio, setor com força na economia regional, além da educação.
Em seguida, Cido Saraiva disse que o mesmo espaço de ontem estava de portas abertas para receber Skaf no segundo turno. O candidato afirmou, então, que, se chegar à próxima fase, vai planejar a visita a Araçatuba entre as cidades em que fará campanha. Mas preferiu se manifestar com os pés no chão. Disse que, antes de traçar qualquer estratégia de segundo turno, irá esperar a eleição de domingo. “Peço o voto dos eleitores de Araçatuba para que tenhamos um resultado fantástico. De coração, muito, muito obrigado a todos vocês”, disse.
A quarta-feira foi marcada ainda pela visita a Araçatuba de Rodrigo Garcia (DEM), vice na chapa de João Doria, adversário direto de Skaf na disputa estadual. Leia mais na página A4

marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
×
marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.

Comment here