Plantão Policial

Mulher e filha de sete meses são agredidas por vigilante

Uma açougueira de 23 anos foi agredida pelo marido, um vigilante de 26 anos, na madrugada de terça-feira (09), em Araçatuba. Um dos socos atingiu o rosto da filha do casal, que tem apenas sete meses de vida. O caso aconteceu na residência que a família mora no bairro Água Branca 3.

As agressões começaram pouco depois da meia noite. Uma viatura da Polícia Militar faziam patrulhamento nas imediações quando foi acionada via Copom (Central de Operações da Polícia Militar) de que estava acontecendo uma briga entre casal na rua Antônio Sampaio.

As equipes foram até o endereço e chegando lá encontraram somente a vítima e a filha. A mulher contou em depoimento aos investigadores que a filha estava com febre e ela pediu ao companheiro para que a levasse no pronto-socorro para ver se existia algum problema.

O rapaz recusou-se a levar a própria filha à unidade hospitalar e foi nesse momento que a discussão teve início. Em determinado momento da briga, o vigilante começou a agredir a esposa com socos. O detalhe é que a vítima estava com a filha no colo e um dos golpes também atingiu o rosto da criança.

Logo após os fatos, o autor fugiu e até o fechamento desta edição não tinha sido localizado. Apesar das agressões, a declarante e a filha não sofreram nenhum tipo de ferimento.

A vítima requisitou medidas protetivas de caráter de urgência à Polícia Civil. A partir de agoira, o suspeito terá que manter uma distância mínima das duas.

Além disso, um inquérito foi aberto para dar andamento às investigações pelo segundo distrito policial do município.

marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
×
marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.

Comment here