Motorista alcoolizado causa acidente envolvendo três veículos em Araçatuba

Um marmorista de 37 anos foi detido na noite de domingo (14) depois de causar um acidente envolvendo três veículos em um cruzamento de bastante movimentação em Araçatuba. Segundo a polícia, o homem estava dirigindo sob o efeito de álcool.

O caso aconteceu por volta das 19h40 no cruzamento da Avenida Mário Covas com a Rua Luiz Nogueira Martins. De acordo com informações do boletim de ocorrência, o autor da batida seguia pela avenida no sentido centro/bairro com seu carro Ford/Escort, quando por motivos desconhecidos, disse que perdeu o freio e acabou atingindo a traseira de um veículo Fiat/Uno, conduzido por um vidraceiro de 42 anos. Com o impacto da batida, o segundo veículo acabou atingindo a traseira do automóvel Fiat/Stillo, dirigido por um vendedor de 41 anos.

Os três carros tiveram danos por conta do acidente. As testemunhas perceberam que o marmorista estava com sinais de embriaguez e acionaram a Polícia Militar. Policiais militares que faziam patrulhamento nas imediações receberam o chamado pelo Copom (Central de Operações da Polícia Militar) e rapidamente deslocaram-se até o endereço.

Chegando lá, os PMs perceberam, segundo o registro da ocorrência, que o motorista apresentava odor etílico, voz pastosa e reflexo lento. Ele prestou depoimento ainda no local e contou como foi a dinâmica da batida. Logo em seguida, os policiais o convidaram a realizar o teste do bafômetro, mas ele recusou. Ainda durante o atendimento, a polícia descobriu que o veículo do investigado estava com o licenciamento atrasado e, por esse motivo, foi apreendido e guinchado.

O local foi isolado para o trabalho da perícia técnica. O laudo deverá sair em até 30 dias para auxiliar nas investigações sobre o caso.

DELEGACIA

Diante da situação, a PM levou o homem até a Central de Flagrantes. De lá, ele foi encaminhado até o IML (Instituto Médico Legal), onde o médico legista realizou o exame clínico para constatar embriaguez. O resultado foi que o motorista estava alcoolizado e não embriagado. O autor ainda cedeu amostras de sangue. O resultado do exame deverá ficar pronto em até dez dias.

O delegado plantonista decidiu liberar o rapaz para responder em liberdade. Um inquérito foi aberto pelo terceiro distrito policial do município que dará andamento às investigações. Nos próximos dias, todos os envolvidos deverão ser ouvidos novamente.

você pode gostar também