Major-Brigadeiro Marcelo Damasceno: o reconhecimento de uma cidade

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Na noite de quinta-feira (11), a Câmara Municipal de Araçatuba realizou sessão solene de entrega do Título de Cidadão Araçatubense ao Major-Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno, pelos relevantes serviços prestados ao município. Na mesma oportunidade, prefeito Dilador Borges entregou decreto que declara o homenageado Hóspede Oficial do Município e uma bandeira de Araçatuba. O título de cidadania foi proposto pelo vereador Almir Fernandes Lima. O oficial foi o responsável pela liberação do aterro sanitário de Araçatuba, resolvendo um problema que se estendia há vários anos.
Tanto Dilador Borges como Edna Flor, em seus discursos de agradecimento e reverência ao homenageado, relembraram o histórico de dedicação ao processo que culminou com a liberação da ampliação do Aterro Sanitário Municipal, citando o envolvimento de moradores, produtores rurais e frentes representativas que se manifestaram contrários à implantação de um CGR – Centro de Gerenciamento de Resíduos na região da Água Limpa, entre os municípios de Araçatuba e Guararapes.
Dilador somou elogios à luta das associações como uma de suas causas de campanha e ao histórico de suas ações políticas contra o vencido CGR e a conquista da almpiação do aterro existente. “Somos gratos à paciência e solicitude com que fomos recebidos pelo Brigadeiro e sua equipe, que tiveram a sensibilidade para entender nossa proposta de melhorar o uso do aterro já existente, da gestão responsável de área já impactada e a importância disso para o meio ambiente, solo e corpos d´agua, bem como ao respeito à gestão do espaço aéreo nas proximidades do aeroporto. Além disso, a mudança dos parâmetros de políticas sobre medidas de uso das áreas beneficiou outros municípios que também encontravam-se com questões semelhantes”.

O HOMENAGEADO
Nascido em Canoas (RS) em 22 de agosto de 1959, Damasceno fez carreira na Força Aérea Brasileira, tendo ingressado em 1976 e atualmente ocupa o cargo de chefe do Gabinete do Comandante da Aeronáutica (Gabaer). É detentor de 25 condecorações entre ordens e medalhas, tem experiência de 6.000 horas vôo e em dez tipos de aeronaves.
Em seu discurso de agradecimento, ele lembrou que Araçatuba marcou a sua vida. No término do curso de cadete, tinha defazer um trabalho fotográfico. Uma das cidades era Araçatuba (Praça Rui Barbosa). A chuva impediu o seu trabalho. Mesmo assim, foi aprovado. Ao longo de sua vitoriosa carreira, o seu instrutor sempre telefonava para parabenizar pelas promoções, mas ressalvava. “Você não fotografou Araçatuba”. Na segunda-feira, voltou a telefonar, mas ele teve a resposta: “Na quinta-feira vou a Araçatuba para receber o título de cidadão”.

você pode gostar também