AraçatubaCidades

Rede de ensino canadense confirma unidade em Araçatuba

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Investir em educação de qualidade desde a primeira infância é, sem dúvidas, uma escolha decisiva para a construção de um futuro de oportunidades e sucesso, não somente nas áreas acadêmica e profissional, mas em todas as esferas e etapas da vida. No Brasil, em particular, as famílias cada vez mais buscam para seus filhos modelos capazes de preparar as crianças para um ambiente global, de mudanças rápidas e frequentes, e pautado pelo trabalho colaborativo e pelo multiculturalismo. É nesse contexto que surgem oportunidades para pessoas e grupos que pensam em investir num futuro melhor e contribuir para evolução global.
E o franchinsing tem sido um caminho para o crescimento e maior abrangência desse segmento, em vista que o setor faturou R$ 38,762 bilhões no primeiro trimestre de 2018, de acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF). A Maple Bear Canadian School enxerga esse potencial e tem bons planos para o Brasil: atualmente, são mais de 100 escolas em operação distribuídas em diversos estados, atendendo mais de 20.000 alunos. E planos é de dobrar o alcance ao longo dos próximos dois anos. A partir de 2019, Araçatuba terá uma unidade da Maple Bear.
“Sabemos que em 2017 nem todos os segmentos tiveram um bom ano. A educação de excelência, no entanto, desponta como investimento prioritário das famílias, que buscam garantir o melhor preparo para seus filhos”, pontua o CEO da Maple Bear Canadian School, Arno Krug. A empresa representa no Brasil o ensino canadense, que além de pioneiro em bilinguismo, é classificado entre os melhores do mundo em estudos internacionais, como o PISA.
A Maple Bear chegou ao Brasil em 2006, com a abertura da primeira unidade em Alphaville, São Paulo. Com sede na cidade de Vancouver, a rede trouxe como proposta globalizar toda a expertise do Canadá em ensino bilíngue, aprimorado pelo país a partir da década de 60, quando o governo canadense instituiu, por meio de um ato constitucional, denominado Languages Act, que os cidadãos canadenses deveriam ter acesso completo a todos os serviços e órgãos do governo, seja em municípios, províncias ou na esfera federal, igualmente em inglês ou francês. As escolas estavam, então, diante de um novo e inusitado desafio: como formar cidadãos com dois idiomas nativos? Foram anos de avaliações e estudos para concluir que o modelo de imersão era o mais eficaz. A formatação dessa metodologia e a percepção de sua relevância em diversos países ao redor do mundo deu origem à Maple Bear Global Schools, que tinha por objetivo levar esse conhecimento a crianças e jovens em todo o mundo. Hoje, entre as operações da rede em 16 países, a do Brasil é a mais bem-sucedida.
Em 2017, o Grupo SEB do Brasil, do empresário Araçatubense Chaim Zaher, adquiriu as operações da rede no Brasil e América do Sul, a fim de impulsionar mais o negócio e levar a excelência na educação para o máximo de crianças e adolescentes destas regiões. Desde então, mais de 25 novas escolas foram abertas, marcando presença em praticamente todos os estados e capitais brasileiras. Formatado no modelo de franchinsing, a rede possui alto potencial de geração de receita e rentabilidade devido a dois fatores principais: elevada demanda por ensino de qualidade e de nível internacional e pelo aumento da percepção, por parte dos pais e da família, de que o investimento em educação e no domínio em inglês é mais eficiente na primeira infância.
“Somos hoje a maior rede de ensino regular bilíngue do país”, ressalta Arno Krug. “Próximo desafio é levar a Maple Bear a outros mercados da América Latina, focando países que possuem uma dinâmica e ambiente educacional similares aos do Brasil. Para isso, contamos hoje com um time inteiramente dedicado, já em processo avançado de negociação em alguns mercados”, finaliza.

ARAÇATUBA
A professora araçatubense Silvia Helena Costa Ferreira Tosi (família Ferreira Batista), contratada para gerir a unidade da Maple Bear na cidade, tem tem 35 anos de experiência na educação. Formada em licenciatura em Educação Física pela Universidade de São Paulo (USP) e mestrado pela mesma instituição. Tem diretorado pela Indiana University, nos Estados Unidos, país onde residiu por 20 anos. Em entrevista ao jornal O LIBERAL REGIONAL, a professora disse que a escola vai funcionar a partir de 2019. Nesta primeira fase, vai funcionar em um imóvel à Rua Frei Felicíssimo Maria de Prada, Higienópolis. Porém, o projeto é construir a escola no interior de um condomínio.
“Inicialmente vamos atender alunos de 1,5 ano a 5 anos, no ensino pré-escola. Porém, havendo demanda, podemos iniciar o ensino fundamental”, disse a empresária, que deve lançar oficialmente a escola no final deste mês. Porém, os pais podem conhecer o método de ensino navegando no site da Maple Bear. Também no site, podem estabelecer contato com a escola.
Para mais informações sobre a Maple Bear, acesse www.maplebear.ca,maplebear.com.br.

marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
×
marcio123rocha Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.

Comment here