Três são detidos por tráfico de drogas em curto período de tempo em Araçatuba

Um desempregado de 20 anos de idade foi preso em flagrante no fim da tarde de segunda-feira (05) por tráfico de drogas dentro do apartamento onde mora localizado na rua Aviação, no bairro Santana, em Araçatuba. A apreensão foi feita por policiais da Dise (Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes).

De acordo com informações do boletim de ocorrência, os investigadores receberam informações de que o suspeito estaria comercializando entorpecentes no local e que havia grande quantidade de drogas no imóvel, além do investigado estar recebendo o pagamento pelos produtos vendidos.

Diante da denúncia, a Polícia Civil requisitou mandado de busca e apreensão para o apartamento à Justiça. Com o documento em mãos, as equipes dirigiram-se até o condomínio e foram até o bloco onde mora o suspeito. Ele e um amigo, um chapeiro de 21 anos de idade, atenderam os policiais e negaram, em um primeiro momento, que havia algum objeto de ilícito ali.

Com o mandado, a Dise começou a fazer uma vistoria dentro do apartamento. No quarto do desempregado foi localizada uma porção de maconha, além de R$ 100,00 em dinheiro. Já na cozinha, dentro de um saco de lixo, os policiais apreenderam um tablete do mesmo entorpecente e 14 pinos contendo cocaína. Também foram encontradas duas balanças de precisão, além de um aparelho de som, uma calculadora e um relógio de origem suspeita.

Os dois suspeitos permaneceram em silêncio sobre a procedência. Eles foram encaminhados até a Central de Flagrantes, onde prestaram depoimento. Na delegacia, o desempregado assumiu a propriedade de tudo e, por isso, foi preso em flagrante por tráfico de drogas. Ele passou por audiência de custódia na manhã de terça-feira (06) e depois foi encaminhado para a cadeia pública de Penápolis, onde deverá aguardar vaga em alguma unidade prisional da região.

O amigo do homem foi liberado na sequência. A Polícia Civil abriu inquérito pelo segundo distrito policial do município para dar andamento às investigações sobre o caso.

DETENÇÕES

Ainda durante a tarde de segunda, aproximadamente 30 minutos depois da primeira ocorrência, policiais civis do GOE (Grupo de Operações Especiais) tinham informações desde a semana passada de que um adolescente de 17 anos de idade estaria vendendo entorpecente na rua dos Fundadores, no bairro Água Branca 2.

As equipes passaram a monitorar o local e conseguiram flagrar o menor. Ele tentou fugir correndo, mas foi abordado alguns minutos depois. No bolso da bermuda dele, a polícia encontrou uma sacola plástica com 70 pinos contendo cocaína, além de R$ 130,00 em dinheiro.

O menor confessou que vendia cada unidade por dez reais. Ele foi apresentado na Central de Flagrantes, onde prestou depoimento na presença de um representante do Conselho Tutelar. O delegado manteve a apreensão por ato infracional de tráfico de drogas e deixou o jovem à disposição da Vara da Infância e Juventude do município.

Já durante a noite, policiais militares do Canil apreenderam outro adolescente, dessa vez de 14 anos, com 14 pinos contendo cocaína e quatro porções de maconha. Os PMs faziam patrulhamento pelo bairro Água Branca 3 quando receberam denúncia que o infrator estaria traficando no cruzamento das ruas Joana Favarin Jorge com a Osvaldo Barioni.

As equipes foram até lá e fizeram o flagrante. A droga estava enterrada em um terreno. Foi necessário o auxílio dos cães do Canil para os entorpecentes serem localizados. O menor foi apreendido e já está à disposição do Ministério Público.

você pode gostar também