Pereira Barreto pode ter parque de energia solar

O grupo português, EDP Energias de Portugal, atuará no mercado brasileiro a partir do ano de 2.022. Este grupo firmou contrato privado com duração de 15 anos com a subsidiária EDP Renováveis Brasil, com sede em São Paulo. Estudos técnicos indicaram possíveis locais para instalação de um parque solar. A empresa brasileira apontou o município de Pereira Barreto como um dos principais do país para instalação de seus equipamentos.
Recentemente representantes da EDP Renováveis Brasil, estiveram no município e foram recepcionados pelo prefeito João de Altayr Domingues, o Joãozinho, que se prontificou dentro de suas possibilidades, no auxílio à empresa no que for necessário. “Antes de ser prefeito, sou pereirabarretense e sei da importância de um canteiro de obras como este para o nosso município, primeiro pela geração de empregos, por isso fico muito feliz com a visita e escolha de Pereira Barreto pela empresa EDP”, disse o prefeito.
Em matéria publicada em Madri na Espanha no último dia 20 de setembro, a empresa portuguesa afirmou que através de sua subsidiária EDP Renováveis Brasil, S.A., assegurou o contrato para venda de energia fotovoltaica que será gerada no município de Pereira Barreto SP, o projeto tem uma capacidade de 199megawhats de produção e entrará em vigor já no início de 2022.
“Este contrato é mais uma prova da importância do Brasil para a estratégia da EDP Renováveis e do grupo no panorama mundial. Esta entrada no mercado brasileiro de energia solar é também uma aposta na diversificação de tecnologias de produção de energia, tendo sempre em conta o papel cada vez mais importante das energias limpas. O Brasil é um mercado prioritário, que nos está a dar boas oportunidades de crescimento”, afirma António Mexia, CEO do grupo EDP.

DA REDAÇÃO
Pereira Barreto

você pode gostar também