AndradinaCidades

Diretora descumpre decisão e mantém ex-vereadora presa

DA REDAÇÃO – ANDRADINA

A direção do Cimic (Centro de Informações e Movimentações Carcerárias) da Penitenciária Feminina de Tupi Paulista decidiu não acatar o habeas corpus e não soltou a ex-vereadora de Andradina, Célia Regina de Souza, a Célia da Stilus. Segundo o presidente da Acrimesp de Andradina, doutor Gilvaine Ortuzal, a diretora recusou-se a cumprir ordem do Tribunal de Justiça e não respeitou o alvará de soltura concedido na quinta-feira através do Habeas Corpus impetrado pelo criminalista Ademar Gomes. A alegação da direção “é absurdo a soltura da ex-vereadora andradinense”.

O advogado da família doutor Ademar Gomes justifica esta atitude como cárcere privado e abuso de autoridade e já está tomando as devidas providências junto ao Secretário de Assuntos Penitenciários, doutor Lourival Gomes, com o Juiz da 1ª Vara da Comarca de Andradina, Dr. Jamil Nakadi Junior e demais autoridades que o caso requer.
Segundo Gil Ortuzal, Célia Regina tem direito a semiaberto, mas não sai da penitenciária de Tupi Paulista. Ou seja, a pena não está sendo cumprida adequadamente. No entanto, mesmo com a decisão do Tribunal de Justiça, um juiz da Vara de Execuções de Presidente Prudente manteve a prisão de Célia Regina.

Sorry! The Author has not filled his profile.
×
Sorry! The Author has not filled his profile.

Comment here