Araçatuba

Entidades enfrentam dificuldades no fornecimento de próteses

Entidades do estado de São Paulo que dispensam próteses e órteses aos seus usuários estão enfrentando problemas para realizar o procedimento. Este foi o tema do I Fórum de Gestores – Dispensação de OPMS (Órteses, Próteses e Materiais Especiais), que ocorreu no auditório da Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo. O evento reuniu 17 gestores das Divisões Regionais de Saúde (DRS) do Estado, entre eles o coordenador de fisioterapia do CER III (Centro Especializado em Reabilitação) Ritinha Prates, Marcos Adriano Mantovan.
O objetivo dos organizadores foi debater as dificuldades logísticas encontradas pelo profissional ao indicar ao paciente a solicitação de OPMS, orientar sobre o fluxograma, realizar procedimentos administrativos e assistenciais. “O fato de termos sido convidados para participar do evento prova que o nosso CER é um centro de referência. A intenção do fórum foi buscar novos conhecimentos, expor nossas dificuldades e problemas na hora da prescrição da OPMS, e assim ajudar ainda mais os usuários que buscam atendimento no CER III”, afirma Mantovan.
O profissional conta que, na prática, na entidade de Araçatuba, as principais dificuldades dizem respeito à CID (Classificação Internacional de Doenças), pois, muitas vezes, o usuário tem a indicação para o uso do equipamento, mas a CID especificada não contempla o devido dispositivo. “Isso acaba atrasando a dispensação de dispositivos para o paciente, o que é ruim para ele”, comenta.

Resultado
Como resultado do fórum, a Câmara Técnica de Tecnologia e Desenvolvimento do Crefito-3 lançará o Guia de Orientação de OPM para os profissionais Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais, com o fluxograma de encaminhamento, como realizar a prescrição via Tabela SUS – SIGTAP, orientação do paciente para obtenção dos dispositivos de auxílio locomoção, órteses e próteses, a fim de que o sistema flua de maneira mais eficiente.
O guia vai contemplar o mapeamento das 17 Divisões Regionais de Saúde, com seus respectivos locais credenciados para dispensação e já está em fase final de descrição. O profissional também será orientado a procurar na tabela Sigtap do SUS, os materiais dispensados e seus devidos códigos, o CID e o Código Brasileiro de Ocupação (CBO). A intenção é que fazer com que não ocorram mais erros e entraves durante o caminho percorrido pelo paciente até o serviço que o dispensa.

DA REDAÇÃO
Araçatuba

snpaula Author
Sorry! The Author has not filled his profile.
×
snpaula Author
Sorry! The Author has not filled his profile.

Comment here