Cidades

Santa Casa e município expandem parceria para derrubar ‘mito’ sobre a saúde mental

ARNON GOMES – Araçatuba

Desconstruir a ideia de que saúde mental é algo a ser tratado apenas por pessoas que têm algum tipo de deficiência na mente. Mostrar que ela é importante, como se estivesse cuidando da saúde do corpo.
São com estes propósitos que o município, por meio de sua rede de atenção psicossocial, e a Santa Casa de Araçatuba decidiram manter, pelo segundo ano consecutivo, as ações do chamado “Janeiro Branco”, como passou a ser definido pelas autoridades o primeiro mês do ano. O objetivo é conscientizar a população para o tema.
Psicólogo hospitalar na Santa Casa, Leandro Carvalho Santos diz que, hoje, todos os atendimentos feitos no hospital estão inseridos em seu trabalho. Junto com ele, são três psicólogos, divididos nos seguintes setores: ambulatório de rins e câncer; leitos de atendimento, pronto-socorro e UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Adulta; e UTI Infantil. Segundo Leandro, quando o paciente chega e é identificado alguma demanda pisicossocial, são feitos encaminhamentos para os três Caps (Centros de Atenção Psicossocial) da Prefeitura de Araçatuba.
Nesses serviços, a procura tem sido considerada boa, de acordo com o município.
No Caps Adulto II, em dezembro de 2018, foram feitas 90 consultas psiquiátricas e 130 atendimentos por sua equipe multidisciplinar. Já no III, foram 190 consultas e 168 atendimentos. Os números são maiores no Caps Infantil – 148 consultas psiquiátricas e 197 atendimentos de equipe multidisciplinar. “Essas estatísticas mostram uma maior participação da comunidade, que está se conscientizando mais”, observa Adelmo Aparecido de Almeida, psicólogo da rede de atenção psicossocial da Secretaria Municipal de Saúde. Ele atua na residência terapêutica.
Para Leandro, que ministrou palestra ontem na Santa Casa dentro da programação do “Janeiro Branco”, a preocupação com a saúde mental pela classe médica vai ao encontro da busca pela humanização no atendimento à saúde. “Há três anos atuando em consultório, tenho observado um aumento exponencial na demanda. Muitos médicos estão nos solicitando. Isso mostra uma busca na melhoria como um todo no atendimento”, analisa. “Por isso, estamos estreitando os laços com a rede psicossocial como um todo. Isso não acontecia antes. A nossa proposta é sempre mostrar que a saúde mental não é coisa só dos pacientes.”

PROGRAMAÇÃO
Em Araçatuba, a programação do “Janeiro Branco” começou na última segunda-feira e se estende até o próximo dia 31, sendo realizada em diferentes locais, como UBS (Unidade Básica de Saúde), praças, hospitais e centros comunitários (veja a lista completa abaixo). “Teremos um mês inteiro de programação, falando sobre a história, a importância, a prevenção, mas com o propósito de difundir uma cultura de saúde mental, desassociando-a da ideia que é ‘coisa de louco’”, explica Adelmo.

Preocupação de psicólogos já era defendida em projeto de lei

A principal preocupação dos psicólogos em relação à saúde mental já era defendida no próprio projeto de lei apresentado em 2017 que criou o “Janeiro Branco” em Araçatuba.
De acordo com o autor da proposta, vereador Lucas Zanatta (PV), problemas cotidianos como a violência no trânsito, drogadição, consumismo desenfreado, suicídio e intolerância podem levar a um desequilíbrio emocional, resultando em transtornos de humor, estresse elevado, abuso de drogas e transtornos psíquicos.
“Diante dessa realidade, precisamos repensar o cuidado em saúde mental/emocional com foco não somente nas práticas que favorecem a saúde mental/emocional, porém precisamos integrá-las para alcançar um equilíbrio emocional global”, complementa o parlamentar.
Janeiro foi oficializado como o mês da ação por ser o primeiro do ano, representando, de forma simbólica, a luta da humanidade por mais saúde mental na vida de todas as pessoas. Já a cor branca foi escolhida por, simbolicamente, representar a “união de todas as cores, de todos os projetos de vida, de todas as possibilidades”.

Fique atento
Confira a toda a programação do ‘Janeiro Branco’ até o fim do mês:
12/01 – 16H às 20H (Aguarda Confirmação)
Intervenções artísticas e panfletagens do Janeiro Branco
Local: Shopping Praça Nova
Evento de divulgação

14/01 – 07H às 12H
Intervenção: Conscientização sobre Janeiro Branco na Sala de Espera
Local: UBS Iporã
Para atendidos da UBS

14/01 – a partir das 07h30
Roda de conversa: Quem Cuida da Mente, Cuida da Vida
Local: Grupo de Atividade Física Escola Joubert (UBS Centro)
Para atendidos da UBS

15/01 – 07h às 12h
Intervenção: Conscientização sobre Janeiro Branco na Sala de Espera
Local: UBS Centro
Para atendidos da UBS

15/01 – a partir das 07h30
Roda de conversa: Quem Cuida da Mente, Cuida da Vida
Local: Grupo de Fisioterapia (UBS Taveira)
Para atendidos da UBS

15/01 – a partir das 07h30
Roda de conversa: Quem Cuida da Mente, Cuida da Vida
Local: Grupo de Caminhada dos Escoteiros Dom Bosco (NASF 3)
Para atendidos do NASF

15/01 – a partir das 09H
Roda de conversa: Quem Cuida da Mente, Cuida da Vida
Local: Grupo de Zumba do Asilo São Vicente (NASF 3)
Para atendidos do NASF

16/01 – a partir das 07:30H
Caminhada Pela Vida
Local: Grupo de Caminhada CRAS São José (NASF 3)
Para atendidos do NASF

17/01 – a partir das 15:30H
CineCEAPS com o filme “Toc Toc”
Local: CEAPS
Para atendidos do CEAPS

18/01 – a partir das 10H
Panfletagem do Janeiro Branco
Local: Santa Casa de Misericórdia de Araçatuba
Evento de divulgação

19/01 – 16H às 20H
Intervenções artísticas e panfletagens do Janeiro Branco
Local: Araçatuba Shopping
Evento de divulgação

19/01 – 07H às 16H
Intervenção: Conscientização sobre Janeiro Branco na Sala de Espera
Local: UBS TV
Para atendidos da UBS

19/01 – a partir das 07:30H
Roda de conversa: Quem Cuida da Mente, Cuida da Vida
Local: Grupo Corpo e Mente de Fisioterapia na Lagoa do Miguelão (NASF 1)
Para atendidos do NASF

19/01 – a partir das 07:30H
Roda de conversa: Quem Cuida da Mente, Cuida da Vida
Local: Grupo Harmonia de Ativ. Física do Centro Com. N. S. Aparecida (NASF 1)
Para atendidos do NASF

20/01 – 18H às 20H
Intervenções artísticas e panfletagens do Janeiro Branco e esportes
Local: Praça Getúlio Vargas
Evento de divulgação

22/01 – 07H às 12H
Intervenção: Conscientização sobre Janeiro Branco na Sala de Espera
Local: UBS Turrini
Para atendidos da UBS

23/01 – a partir das 09H
Roda de conversa: Quem Cuida da Mente, Cuida da Vida
Local: Grupo de Zumba da Igreja Paraíso (NASF 3)
Para atendidos do NASF

24/01 – a partir das 15:30H
Roda de conversa: Saúde Mental da Rede de Atenção Psicossocial
Local: CEAPS
Para colaboradores da RAPS

25/01 – a partir das 9h
Gincana Inter-RAPS
Local: Praça Getúlio Vargas
Para atendidos do CAPS Ad, CAPS III e CEAPS

26/01 – 07h às 12h
Intervenção: Conscientização sobre Janeiro Branco na Sala de Espera
Local: UBS TV
Para atendidos da UBS

26/01- 09h às 11h
Intervenções artísticas e panfletagens do Janeiro Branco
Local: Praça Rui Barbosa e calçadão municipal
Evento de divulgação

28/01- 07:30 às 08:30
Pedágio sobre Janeiro Branco nos Semáforos
Local: Centro de Araçatuba
Evento de divulgação

29/01 – 07:30 às 8:30
Intervenções artísticas e panfletagens do Janeiro Branco
Local: Centro de Araçatuba
Evento de divulgação

31/01 – 19H – Encerramento oficial
Mesa redonda de encerramento do Janeiro Branco 2019
Convidados: Médico Psiquiatra Dr. Leandro Zonta, Psicóloga Me. Simone Pantaleão, entre outros profissionais da área da saúde.
Local: UNIP- Universidade Paulista
Av. Baguaçu, 1939, Jardim Alvorada, Araçatuba-SP
Aberto a todos os públicos

Comment here