AndradinaCidades

Mãe denuncia posto de saúde por distribuição de medicamento vencido

DA REDAÇÃO – CASTILHO

Uma bebê de apenas 10 meses vomitou por dois dias após tomar um medicamento fornecido pelo posto de saúde municipal de Castilho – o CIS (Centro Integrado de Saúde). A mãe da menina, a conselheira tutelar Sara Katueli deve registrar boletim de ocorrência para que fato seja apurado pela polícia.

A conselheira tutelar Sara Katieli levou a filha ao médico na segunda-feira, 10. Como a menina tinha febre, o médico prescreveu vários medicamentos. Um deles era o sulfato ferroso, que Sara pegou no CIS.

Depois de dois dias de tratamento, Sara notou que Júlia tinha crises constantes de vômito. “Ela vomitou na quarta e na quinta-feira. Aí eu vi que tinha alguma coisa errada, porque ela não costuma recusar remédio e não tem alergia a nada. Então eu fui verificar se tinha algo errado com os medicamentos e percebi que esse sulfato ferroso estava vencido desde junho.

“Eu ainda percebi que o remédio estava vencido, porque consigo ler. Fico preocupada é com os idosos que pegam medicamentos no posto e que não conseguem enxergar as letras. Ou, então, as pessoas que não sabem ler. Quantas outras pessoas estão tomando remédio vencido? E quais outros medicamentos, além do sulfato ferroso, estão com o prazo de validade expirado?”,  pergunta-se Sara.

A mãe disse que a bebê se recuperou da febre, mas os vômitos constantes a deixaram abatida e fraca.

 

APURAÇÃO

O caso precisa ser avaliado para constatar se o vômito da menina foi uma simples reação ao medicamento ou está diretamente ligado ao fato de estar vencido.

 

 

AVALIAÇÃO

O setor de saúde de Castilho vem apresentando muitos problemas. A falta de medicamentos é uma constante, levando os portadores de doenças crônicas muitas vezes gastarem parte expressiva de receita doméstica com medicamentos que deveriam ser oferecidos na rede pública. (Com informações do Perfil News/Três Lagoas)

Comment here