Araçatuba

Município confirma bônus para profissionais do ensino pelo segundo ano seguido

Os 1.450 servidores da rede municipal de ensino vão terminar o ano com uma injeção de ânimo. O prefeito Dilador Borges (PSDB) confirmou, na noite de quinta-feira, que os funcionários do magistério terão, pelo segundo ano consecutivo, o bônus-educação. O dinheiro deve ser depositado na conta dos trabalhadores no próximo mês, sem incorporação ao salário. A concessão do prêmio era aguardada pela categoria, conforme reportagem de O LIBERAL REGIONAL publicada na edição de ontem que mostrou a queda de 25,98% no número de trabalhadores faltosos na educação neste ano em comparação com 2017. A queda é atribuída ao bônus pago no final do último ano.
Segundo a secretária municipal de Educação, Silvana de Souza e Sousa, o valor a ser creditado em 2018 será definido pelo Executivo nos próximos dias. No ano passado, foi de R$ 500, concedido a todos os funcionários da pasta que estavam prestando serviço efetivamente nas unidades de ensino da Prefeitura. Na ocasião, até mesmo servidores contratados temporariamente; pertencentes ao Estado, mas a disposição do Município; e do antigo Daea (Departamento de Água e Esgoto de Araçatuba) transferidos para a secretaria foram beneficiados.
Entretanto, o bônus poderá ser maior, conforme a assiduidade do servidor. No ano passado, Para aqueles que não registraram nenhuma ausência no trabalho, o benefício chegou a R$ 1,8 mil. Quem deixou de ir trabalhar por até cinco vezes recebeu R$ 1,3 mil a mais. Para quem faltou de seis a dez vezes, R$ 1 mil. Para os trabalhadores que tiveram de 11 a 15 ausências, R$ 700. Quando decidiu dar o bônus, o prefeito dizia reconhecer, em dinheiro, o compromisso dos funcionários da educação, além de valorizar aqueles que se destacavam pela dedicação.
Quando todos os valores estiveram estipulados, a medida precisará receber aval da Câmara. O Legislativo entra em recesso no próximo dia 10. Se até lá, o projeto não estiver na Casa, será necessária uma sessão extraordinária. “O objetivo do bônus é valorizar os profissionais e, com isso, melhorar a qualidade do ensino”, diz Silvana.

PRÊMIO
O anúncio do bônus neste ano foi feito por Dilador durante a entrega do Prêmio Acontece. A ideia é também reconhecer o trabalho dos servidores. Foram premiados servidores divididos em dez categorias, como professores, diretores, coordenadores e ADIs (Agentes de Desenvolvimento Infantil). Em cada uma delas, o primeiro colocado recebeu prêmio de R$ 5 mil; o segundo, R$ 3 mil; e o terceiro, R$ 1 mil.
De acordo com a secretária, esse prêmio foi instituído com o objetivo de valorizar práticas bem-sucedidas de ensino. No total, foram 30 trabalhadores premiados.

ARNON GOMES
Araçatuba

Comment here