AraçatubaCidades

Instituto vai apresentar estudo para recuperação do Centro Cultural

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Acontece nesta terça-feira (18) a apresentação dos estudos preliminares para a recuperação Centro Cultural Ferroviário, espaço que está interditado desde setembro de 2009, por ter sua estrutura avariada e o telhado comprometido. Além dos problemas estruturais, o prédio sofre com o vandalismo.

Segundo Henrique Lukas, gerente de projetos do Instituto Pedra e responsável também pelo gerenciamento do projeto do Centro Cultural, serão apresentados os resultados da consulta pública realizada este ano e também sugestões para a recuperação do espaço, que é tombado como patrimônio histórico do município e também pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo).

O projeto arquitetônico a ser apresentado está sendo elaborado pela equipe do próprio Instituto Pedra e teve levantamento de dados feito com a ajuda de estudantes de arquitetura e engenharia do município.

“Vamos apresentar o projeto arquitetônico preliminar. Ele ainda não está definido num nível de detalhamento que nos permita falar em custo total da obra de recuperação. Estamos encerrando uma etapa, que é apresentar sugestão de uso e o projeto preliminar, conforme foi proposto ao ProacSP”, explicou Lukas.

De acordo com o gerente de projetos do instituto, a próxima etapa é, aprovado o projeto proposto, ele seja detalhado e seja feito o levantamento dos custos totais da obra de recuperação do local. “Aí, entramos numa segunda etapa, que é conseguir inscrever o projeto seja no ProacSP, seja na Lei Rouanet, ou até mesmo nos dois mecanismos de financiamento cultural”, explicou.

O projeto preliminar será apresentado nesta terça-feira, a partir das 15 horas, no Salão Azul da Prefeitura Municipal de Araçatuba. O evento, organizado em conjunto pela Prefeitura e pelo Instituto, contará com a presença da arquiteta Laura de Stefani Bacicurinsk, uma das responsáveis pela elaboração do projeto.

 

Comment here