Araçatuba

Ação arrecada livros para pontos de leitura e bibliotecas públicas, de empresas e instituições

Fim de ano, hora de receber familiares para as festas, fazer a viagem de férias e, para muitos estudantes, terminar o período de exames vestibulares. Uma das situações mais comuns, nestes momentos, é aquela limpeza voltada a eliminar objetos. Não raramente, livros vão para descarte.
Foi, então, pensando em evitar que obras literárias virem lixo que a Biblioteca Municipal Rubens Amaral, em Araçatuba, resolveu iniciar ação voltada à arrecadação de livros.
O volume arrecadado poderá enriquecer ainda mais o acervo da instituição, que conta com cerca de 60 mil livros, ou ser encaminhado a bibliotecas escolares, de empresas ou instituições locais que contam com algum espaço destinado à leitura.
Segundo a bibliotecária-chefe da Rubens Amaral, Renata Ribeiro de Lima, ao receber as obras, uma triagem é feita a fim de se verificar o estado do livro e checar para qual acervo vai ser encaminhado.
Os livros podem ser encaminhados também para o balcão de doação da biblioteca municipal. Nesse caso, livros não aproveitados no acervo ficam a disposição dos interessados. Na maioria das vezes, são títulos didáticos, específicos ou desatualizados que podem ter serventia para alguém. Renata ressalta que o espaço também conta com um sebo, em que o leitor pode fazer troca de livros.

Projeto
A bibliotecária aponta, entretanto, outra razão para a necessidade da doação: o fortalecimento dos pontos de leitura. Esse projeto foi criado em 2011 pela Secretaria Municipal de Cultura e consiste na colocação de livros em locais onde haja espera, como postos de saúde e praças públicas, com objetivo de fazer com que as pessoas tenham acesso à leitura sem precisar passar por tanta burocracia.
Ontem, a Prefeitura entregou seu décimo segundo ponto, desta vez, na unidade de urgência e emergência da Santa Casa de Araçatuba. No hospital, o primeiro ponto de leitura foi colocado na recepção em setembro, o que ajuda a entreter pacientes e acompanhantes enquanto esperam por atendimento.
Os livros retirados nos pontos de leitura podem ser levados para casa, caso queira o leitor. “A doação também vai nos ajudar a fazer a reposição nesses espaços”, explica Renata. Por semana, destaca ela, cerca de 200 livros são encaminhados pela biblioteca municipal para estes locais, que funcionam em geladeiras desativadas e adaptadas com a logomarca do projeto.
Ontem, durante a inauguração da unidade na Santa Casa, o assessor executivo da Secretaria de Cultura, Luís Claudio da Silva Benedito Junior, destacou a importância dos pontos. “A população deve ficar à vontade para levar os livros para casa ou lê-los no local, mas também pode trazer livros que estejam ociosos no seu lar. O ponto de leitura é um local para circular o conhecimento”, disse Júnior, que até janeiro responde pela pasta.
Os demais pontos de leitura de Araçatuba estão localizados nas praças João Pessoa e Seisaburo Ikeda; nas secretarias municipais de Cultura e Meio Ambiente e Sustentabilidade; no NGA (Núcleo de Gestão Assistencial), na Rodoviária, no Terminal Urbano Rodoviário, Shopping Praça Nova, Atende Fácil e Asilo São Vicente.

COMO AJUDAR
Para colaborar com a ação da biblioteca municipal, é simples. Basta ir à instituição (Rua Armando Sales de Oliveira, s/n, bairro Bandeiras) e entregar os livro. Se a pessoa preferir, uma viatura pode ir à residência fazer o recolhimento dos livros. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone: 3622-5559.

ARNON GOMES
Araçatuba

Comment here