Plantão Policial

Mais de 50 pessoas são autuadas por rinha de galo em Araçatuba

Uma operação da Polícia Militar Ambiental, com o apoio do helicóptero Águia, flagrou uma rinha de galo em um lote do assentamento Chico Mendes, zona rural de Araçatuba, na manhã de domingo (18). Mais de 50 pessoas foram autuadas ao serem flagradas fazendo a prática.

As equipes receberam denúncia anônima informando que galos estariam no local em situação de maus-tratos. Diante disso, os policiais se reuniram por terra, água e ar e foram até o endereço a fim de constatar a veracidade das informações. Por esse motivo, equipes terrestres, náuticas e do helicóptero Águia se deslocaram para o assentamento logo nas primeiras horas da manhã.

Chegando ao local, 52 pessoas foram surpreendidas fazendo a prática e cem galos estavam em situação de maus-tratos. A polícia também localizou objetos utilizados para a rinha, como relógio, biqueira, esporas artificiais, além de blocos com anotações de apostas.

Os envolvidos tentaram fugir correndo para dentro de uma mata, mas todos foram cercados e detidos alguns minutos depois. O delegado plantonista foi comunicado sobre os fatos e requisitou a presença da perícia técnica ao local. Um laudo deverá ficar pronto em até 30 dias para ser anexado ao inquérito policial que investigará o caso.

Todos os participantes foram autuados por maus tratos e como expectadores da rinha. Já as aves foram apreendidas e depois foram encaminhadas para o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) de Araçatuba, onde receberão o devido tratamento para algum tipo de ferimento.

PRÁTICA PROIBIDA

Organizar ou participar de rinha é crime ambiental, definido no artigo 32 da Lei Federal 9.605/98. Segundo o dispositivo, é considerado crime contra o meio ambiente “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exótico. O galo, por exemplo, é considerado um animal doméstico.

O artigo da lei destaca ainda que quem for flagrado nessa situação poderá pegar de três meses a um ano de detenção, além de multa. A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorrer a morte do animal.

Comment here